Terça, 01 de Dezembro de 2020 21:28
(11) 99349-8698
Sedersp

Sedersp inicia campanha de conscientização no trânsito

Sedersp inicia campanha de conscientização no trânsito

26/04/2018 14h29 Atualizada há 3 anos
34
Por: murillo
Sedersp inicia campanha de conscientização no trânsito
Preocupados com os acidentes que não param de diminuir entre motociclistas, sindicato patronal realiza evento educativo que visa conscientizar motofretistas para pilotarem com prudência, respeito as normas e leis vigentes, bem como equipados com itens de segurança. O Sindicato das Empresas de Distribuição das Entregas Rápidas do Estado de SP (SEDERSP) iniciou no fim de março mais uma ação de conscientização no trânsito que envolve todos os condutores de veículos, com atenção voltada aos motociclistas em geral, em especial aos profissionais de motofrete. O objetivo da campanha é incentivar a todos para um trânsito mais seguro, menos violento, mais gentil e cordial. Para isso, a entidade produziu 10 mil adesivos para serem instalados nos baús das motocicletas de empresas de distribuição com duas mensagens ligadas ao tema. Uma delas destaca a frase “Paz no Trânsito” e a outra, ”Sou Profissional de Duas Rodas”, aborda de modo direto o respeito ao motofretista. “Vivemos em um trânsito caótico, com muitas falhas estruturais, problemas diversos e infelizmente com resultados alarmantes de aumento de acidentes. Em nosso setor, prezamos sempre pela capacitação, visando a segurança de nossos condutores. Mas sabemos que isso não depende somente de uma classe, de uma categoria, e sim, de um conjunto, que envolve toda a sociedade para um trânsito melhor”, explica o presidente do sindicato, Fernando Souza. O sindicato destaca que antigamente os motofretistas, conhecidos também por “motoboys” eram mal vistos nas ruas, chamados pejorativamente de “cachorro loco”. “Hoje isso mudou, nossos profissionais são capacitados para exercer essa atividade, que é regulamentada e deve ser respeitada por todos. Acreditamos que a frase “Sou Profissional de Duas Rodas” representa todo o respeito que esse condutor merece e toda a consciência que este deve ter para viver em um trânsito mais tranquilo, um trânsito de paz e seguro para todos nós”, finaliza Fernando. O empresário de motofrete que quiser aderir à campanha, pode solicitar adesivos através do email [email protected] Abaixo, você confere entrevista exclusiva com Fernando de Souza do presidente do Sedersp - 43 anos, 20 anos no setor de motofrete. Como e por que resolveram criar essa Campanha? R: Uma das bandeiras da entidade sempre foi e sempre será segurança no trânsito.  Essa ação reflete em fatores que beneficiam toda a sociedade, porque cada um de nós está inserido no trânsito da cidade, seja como motociclista, motorista, ciclista e pedestre. Qual o nome que a Campanha leva? E por que tiveram essa ideia? R: Trânsito Seguro. Há alguns anos a entidade defende o trânsito seguro, com ações de conscientização dos condutores motociclistas que exercem papel fundamental no trânsito da cidade. O setor investe em cursos de capacitação profissional, além dos equipamentos de segurança como formas de minimizar os acidentes e seus impactos. Como vai funcionar a campanha na prática? R: A proposta da campanha é realizar a distribuição de 10.000 adesivos, gratuitamente, para o setor de duas rodas. O lançamento aconteceu durante a reunião mensal de empresários do segmento, ocorrida dia 28 de março, e já conta com a adesão de várias empresas. O foco é levar, através dos baús afixados nas motocicletas, as mensagens “Paz no trânsito” e “ Sou profissional de duas rodas “. A circulação das mensagens coladas nos baús percorre toda a capital e interior também, através dos motofretistas, chamando a atenção da sociedade para um apelo que é necessário para todos, onde pequenos atos de todos colaborarão para um trânsito seguro para todos. Qual é o principal objetivo e intuito da Campanha de um modo geral? R: Despertar a conscientização da sociedade que um trânsito seguro depende de todos nós, seja como motociclista, motorista, ciclista ou pedestre. De que forma será divulgada a campanha entre os profissionais do setor? R: A divulgação da Campanha conta com as mídias espontâneas, com os próprios canais de comunicação do SEDERSP (facebook, twiter, site), bem como o apoio de empresários que já abraçaram a proposta. Qual é o número de profissionais que visam atingir com essa campanha? R: Na verdade os profissionais motofretistas serão os condutores das mensagens, através do instrumento de trabalho deles , as motocicletas, que percorrem, não só a cidade de norte a sul, de leste a oeste, como também outras regiões. Queremos divulgar as frases de conscientização para toda a sociedade. Não basta falar de segurança no trânsito apenas aos motofretistas. Essa conscientização de segurança, respeito, solidariedade e educação no trânsito tem que ser para todos, seja na formação do novo motorista, seja para reciclar o motorista experiente, seja em casa, quando explicamos aos nossos filhos princípios básicos como sinal verde / vermelho, seja com exemplos de que não se bebe para dirigir. Todos nós somos responsáveis por um trânsito mais seguro. Outro ponto relevante dessa ação é a valorização dos nossos profissionais motofretistas. Por isso a proposta de utilizarmos também a frase “Sou profissional de duas rodas”. Antigamente, o motoboy era mal visto na sociedade, pejorativamente denominado de “cachorro louco”. Essa realidade mudou. As pessoas hoje estão mais conscientes dessa importante função exercida por nossos colaboradores. Faça chuva ou faça sol, em trânsito pesado, vias mal sinalizadas e em meio ao caos generalizado nos grandes centros, lá está esse profissional exercendo o seu papel de levar documentos, mercadorias diversas, alimentos, remédios e etc onde for necessário. Mas sabemos que ainda existe uma parcela da sociedade que não dá o valor merecido a esses entregadores. Então, entendemos que sempre vale ressaltar o quão importante é mostrar que se trata de profissionais de duas rodas, que merecem todo o nosso respeito e, principalmente um trânsito seguro. Levando em conta que vocês são um sindicato estadual esta mesma campanha aplicada no trânsito da Capital, ela serviria para outros municípios do interior para cidades que teria um transito menos intenso? Por quê? R: O conceito de trânsito seguro, de segurança, respeito, solidariedade e  educação se aplica em qualquer lugar do mundo. A capital paulista é o foco da campanha, por termos no município a maior número de acidentes envolvendo condutores motofretistas. Outras ações têm que ser iniciadas para reduzir ano a ano o número de acidentes envolvendo motos. Vale destacar que esse número teve um aumento significativo após o ingresso de motociclistas autônomos, nas entregas através de aplicativos. Muitas empresas ofertam essa mão de obra de maneira irregular, incentivando os motociclistas através de ganhos por corrida, estimulando a velocidade e práticas inseguras no trânsito. Nessa campanha qual é a parte do motoboy? O que ele deve fazer realmente pra ajudar na diminuição dos acidentes de transito envolvendo motocicletas? R: O motoboy é parte do nosso trânsito. Nessa campanha ele colabora tanto na disseminação da informação, pois através do seu instrumento de trabalho, a motocicleta, ele divulga as frases por onde passa, quanto na sua própria conscientização de que, ao carregar em sua motocicleta essas frases de impacto, deve fazer jus à mensagem, sendo também agente de um trânsito mais seguro e gentil. Ele participa das ações, pilotando com segurança e respeito, além de utilizar os equipamentos de segurança necessários para diminuir os impactos, no caso de um acidente. Pensando que o Brasil está cooperando para aquela campanha da ONU, a década de ações de segurança que visam diminuir o número de acidentes de trânsito, é possível que esta campanha possa ser usada no resto do Brasil em outros estado com outros sindicatos patronais? Se possível, como isso poderia ser implementada? R: Sim, claro. Toda iniciativa de conscientização tem que ter apoio e adesão da sociedade. É importante que todos pensem e ajam de maneira a colaborar com a redução dos acidentes. Insisto em afirmar que todos nós somos responsáveis por um trânsito melhor, mais seguro. A campanha da ONU tem um potencial de divulgação mundial, e com a adesão dos países na adoção da campanha e com o compromisso de assumir ações de segurança no trânsito, teremos muito mais chance de alcançar a redução dos acidentes, que tiram a vida e incapacitam milhares de pessoas todos os anos. Qual é a perspectiva do Sindicato para essas ações? Vocês acreditam que ela será favorável para o setor? Por quê? R: A perspectiva do setor de duas rodas é chamar a atenção da sociedade e dos órgãos governamentais  que pequenos atos podem se tornar grandes ações e salvar vidas. A conscientização resume bem essa campanha. Dirigir consciente, pilotar consciente, pedalar consciente, andar consciente, contratar consciente. Uma contratação consciente também é nossa responsabilidade. A empresa que admite um profissional motofretista tem que cumprir diversas regras para que esse motoboy tenha mais segurança nas suas entregas, e o tomador que contrata esse serviço, seja através da entrega de uma pizza, de um remédio, de uma compra da internet ou de um documento, deve se certificar que faz uma contratação dentro dos padrões legais. Vocês já realizaram outras campanhas que surtiram efeito positivo, se caso sim, explique uma dela pelo menos: R: Sim, o setor faz e participa de várias campanhas e iniciativas de conscientização. A nossa mais popular campanha é a Motociclista Sangue Bom.  Trimestralmente nos reunimos para a doação de sangue, de modo a praticar essa ação e alertar a todos sobre essa realidade que hoje vivem todos os bancos de sangue, que é a justamente a falta de sague. Paralelo a essa campanha, divulgamos sempre em nossas redes sociais as datas de outras ações similares. No que se refere ao trânsito mais seguro, também acompanhamos e divulgamos tudo o que possa somar. Mensalmente, o SEDERSP também divulga as datas de cursos de Pilotagem Segura e Pedalar com Segurança, oferecidos pela CET, dada a importância dessas aulas para um trânsito seguro. Outra campanha que fazemos com frequência está ligada às nossas divulgações sobre a necessidade de uma contratação segura do serviço de motofrete, uma vez que o tomador é corresponsável nessa ação, já que a  Lei Federal (12.009/09), que regulamenta a profissão do motofrete, estabelece responsabilidade solidária desse contratante.  
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 21h15 - Fonte: Climatempo
20°
Chuvisco

Mín. 20° Máx. 29°

20° Sensação
20 km/h Vento
88% Umidade do ar
90% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (02/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (03/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio